• AmaranteS
  • PontesS
Ponte de fundo de rua 1 1 538 300

Ponte e cruzeiro de Fundo de Rua

Ponte de fundo de rua 1 1 139 90
20080821105114296363 1 538 300

Cruzeiro Fundo da Rua 2

20080821105114296363 1 538 300
Pontuação
Ainda não tem opiniões registadas
3878 visualizações
Chart?chst=d map spin&chld=0
0 visitas
Morada

IP 4 entre Amarante e Vila Real, desvio para Aboadela pela EM 574, até ao Lg de Rua, situando-se a ponte sobre o rio Ovelha

Lugar: Rua
Freguesia: ABOADELA
Concelho: AMARANTE


4600 -500

Latitude
41.27735494162988
Longitude
-7.99555778503418

A inscrição que se encontra na base do cruzeiro construído à entrada da Ponte, na margem esquerda, e que refere o ano de 1630, remete-nos a sua (re)construção para o século XVII.

Por conseguinte, e apesar de ser comummente designada por românica, esta travessia apenas pode considerar-se herdeira dos modelos medievais que os construtores podiam ter ido buscar.

Dada a posição privilegiada da Ponte no contexto viário peninsular, ligando a costa ocidental ao interior da península, várias razões poderão ter contribuído para a sua construção, tornando-a numa obra relevante no contexto local, regional e mesmo nacional.

O facto de Amarante ser, na Idade Moderna, o epicentro de várias vias para diversos centros espirituais regionais, nacionais ou mesmo internacionais - como o culto a São Gonçalo, à Santa Senhorinha de Basto, à Senhora da Lapa ou mesmo na ligação aos caminhos de Santiago de Compostela – e logo, a necessidade de se providenciar acessos seguros e céleres a peregrinos e fiéis, terá sido um dos motivos para a construção da Ponte de Fundo de Rua.

Simultaneamente, em 1630, Filipe III era rei de Portugal e um dos monarcas que mais favoreceu a edificação de pontes e estradas, numa época particularmente conflituosa, mas também ávida de comunicações e trocas comerciais.

Mais informações:

www.rotadoromanico.com