• Marco de CanavesesS
  • SolaresS
Pontuação
Ainda não tem opiniões registadas
3192 visualizações
Chart?chst=d map spin&chld=0
0 visitas
Morada
Desvio da EN 108, km 50
Freguesia: S. LOURENÇO DO DOURO
Concelho: MARCO DE CANAVESES

4625-540
Latitude
41.104526
Longitude
-8.199736
Edifício do Séc. XVII (conj.). Casa de planta em L de volumes articulados e coberturas em quatro águas. Alçados de dois pisos com um pequeno pátio lajeado e capela independente num largo terreiro. A fachada principal, voltado a E. apresenta uma escadaria dupla de dois lanços com patamares intermédios. Esta fachada é simétrica, com seis janelas de sacada no piso superior e portas no piso inferior. Encostado a esta fachada para N. um corpo, destinado a adega, de pé-direito duplo, com três pisos ov
Edificio do Séc. XVII (conj.).
Casa de planta em L de volumes articulados e coberturas em quatro águas. Alçados de dois pisos com um pequeno pátio lajeado e capela independente num largo terreiro. A fachada principal, voltado a E. apresenta uma escadaria dupla de dois lanços com patamares intermédios. Esta fachada é simétrica, com seis janelas de sacada no piso superior e portas no piso inferior. Encostado a esta fachada para N. um corpo, destinado a adega, de pé-direito duplo, com três pisos ovais no nível superior. Apresenta sobre o entablamento um acrescento recente. O portal de entrada sobre a escadaria emoldurado em granito é decorado com linhas sinuosas e conchas. Na parte inferior do portal e do patamar, um túnel de ligação ao pequeno pátio. A fachada voltada a S., fortemente ritmada por doze janelas de sacada no piso superior é marcada no r/c por seis portas entre duas pequenas aberturas rectangulares. Esta fachada relaciona-se com uma plataforma com um chafariz ao centro. No prolongamento da fachada S. voltada ao Rio um extenso muro apresenta uma fonte de espaldar com um nicho. O espaço interior da casa é marcado por um extenso corredor de distribuição para os quartos e salas com tecto de madeira em gamela. Todos os tectos do imóvel são em madeira de gamela ou masseira. O espaço da adega destaca-se pelas quatro espessas e altas colunas em granito de suporte da estrutura da cobertura em madeira. No alinhamento da fachada S. da Casa, localiza-se a capela, com a fachada principal voltada a O., de empena triangular cortada, rematada por uma sineira ao centro ladeada por pináculos. O portal é encimado por um pequeno nicho, ladeado por duas pilastras. Quatro degraus semicirculares dão acesso à capela. Apresenta apenas duas pequenas aberturas rectangulares nas fachadas laterais. Cobertura simples em telhado de duas águas. O Tecto, o altar, púlpito e molduras das janelas são em talha dourada. O tecto é em caixotões, com florões e quase não apresenta a camada de folha de ouro. A plataforma é limitada por uma guarda delicada em ferro, apoiada em plintos de granito para suporte de vasos em granito. No alinhamento do eixo definido pelo chafariz dois plintos com dois leões marcam um patamar de uma escadaria dupla de dois lanços opostos com patamares intermédios, de relação com outra plataforma. Esta por sua vez é limitada por uma extensa balaustrada em granito e possui um lago embutido no terreno envolvido por laranjeiras. A decorar a mesma escadaria e no eixo do patamar central, um alto painel de azulejos policromados figurando uma composição simétrica, com um chafariz ao eixo composto por golfinhos rodeado por nichos com imagens. Inserido no nicho da fonte espaldar voltada a S. insere-se a imagem de um São João. Em frente a esta fonte, um alpendre com cobertura em telhado e uma mesa ao centro. O portal de acesso ao terreiro entre duas pilastras encimadas por pináculos é ladeada por muros de perfil curvo , rematado por voluta. Sobre o portal de entrada um grande brasão rematado por um coronel ladeado por pequenas volutas. Diversos tanques com bica tipo carranca decoram o terreiro da entrada e o espaço exterior junto à cozinha.
Séc. 17 - Construção da casa; 1922 - a casa é comprada por Belmiro Soares da Silva Teixeira.