1 2 3 4 5

Associação Musical ”Os Andarilhos”

  • Ass. CulturaisS
  • BaiãoS
20080615231620375635 1 538 300
Pontuação
Ainda não tem opiniões registadas
3339 visualizações
Chart?chst=d map spin&chld=0
0 visitas
Morada
Rua de Entreparedes, 64
Freguesia: CAMPELO
Concelho: BAIÃO

4640-153
Telemóvel
(+351) 96 554 58 38
Latitude
41.150213
Longitude
-8.024381
Partindo do património etnográfico português, os Andarilhos desenvolvem um Folk próprio, onde têm destaque os instrumentos tradicionais portugueses e a musicalidade que lhes é afecta. Os Andarilhos são desde a sua génese, Baião – 1991, uma mostra da vivência musical das populações rurais do interior do país. Nascidos numa região rural no norte de Portugal, entre o Rio Douro e a mística Serra da Aboboreira, destacam no seu repertório as tradições deste local, onde desde há muitos séculos a festa se ergue com música, que aí é sinónimo de "Chula".


Partir da tradição mas inovar.

A música tradicional é entendida, por nós, enquanto algo em constante mudança e vivente, enquanto afecta ao quotidiano presente, do povo que lhe deu origem. Nós pretendemos viver sob esse espírito.


Os instrumentos (musicais) tradicionais

Os timbres dos instrumentos tradicionais marcam profundamente a sonoridade deste projecto musical, nomeadamente os de origem portuguesa: cavaquinho, viola braguesa, a gaita medieval/transmontana, adufe, os bombos e caixas de rufo. A inovação que muitos conferem aos Andarilhos, tem muito que ver com este facto: a aposta no desenvolvimento de novas técnicas interpretativas e a procura de diferentes diálogos e fusões entre estes instrumentos e os timbres mais actuais. Seria para nós impossível recriar/inovar a música tradicional portuguesa esquecendo a sonoridade dos instrumentos que se constituem como talvez um dos expoentes máximos dessa mesma cultura!


As duas vertentes do trabalho criativo dos Andarilhos

1- Por um lado a recriação de temas tradicionais, fruto das diferentes recolhas etnográficas efectuadas em Portugal e onde têm destaque os temas recolhidos pelos maiores etnógrafos que fizeram pesquisa em Portugal e nomeadamente os que se debruçaram sobre esta região em particular - Vergílio Pereira, Michel Giacommetti, Alberto Sardinha, Rebelo Bonito, César das Neves etc
Estes temas são na maioria danças e também canções de trabalho.

2 - Os temas originais, partem de diferentes sonoridades inspiradas no espólio etnográfico português e dão destaque às melodias e ritmos que lhe são próprios. Os instrumentos musicais tradicionais têm um importante relevo e dão o mote na redescoberta da energia contagiante das gentes de Portugal, que tocam e cantam ropiando. As letras referem uma actualidade plena de memórias, em oposição aos modelos globais, almejando uma tradição pertença do futuro.