1 2 4

Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso, em Amarante, mostra “Modernistas” até 13 de janeiro

Modernistas mmasc 2018 1 350 9999

A mostra, inicialmente programada para estar patente ao público até 28 de outubro, tem suscitado inúmeros pedidos de visitas, nomeadamente de estabelecimentos de ensino ou de outras organizações, para além de ser, igualmente, muito procurada por turistas, o que originou o seu prolongamento.

A exposição “Os Modernistas – Amigos e Contemporâneos de Amadeo de Souza-Cardoso” estará patente até 13 de janeiro de 2019, no Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso (MMASC).

Nesta exposição, construída a partir de acervo da Fundação Millennium bcp e que tem como Curadora Raquel Henriques da Silva, podem ser vistas obras de Amadeo de Souza-Cardoso, António Carneiro, Eduardo Viana, Almada Negreiros, Mily Possoz, Francis Smith, Jorge Barradas, Mário Eloy, Bernardo Marques, Júlio Reis Pereira, Carlos Botelho, Dordio Gomes e Carlos Carneiro.

Os Modernistas da coleção Millennium bcp são autores que iniciaram as suas carreiras nas primeiras três décadas do século XX e, segundo Raquel Henriques da Silva “(…) para a história da arte são artistas que questionaram os processos da pintura naturalista, empenhada na verosimilhança entre o visto e o representado. Os Modernistas, pelo contrário, acrescenta, não acreditam nessa naturalidade do ver: pretendem que o espectador não confunda a realidade com a pintura e sugerem que esta pode enriquecer aquela, através da imaginação plástica”.

E conclui: “Sem desconhecerem os movimentos mais radicais da vanguarda parisiense, os pintores representados não aderiram a nenhum deles (cubismo, futurismo, expressionismo). Cultivaram uma modernidade contida, valorizadora das tradições do fazer artístico, vindas do final do século XIX”.

A exposição “Os Modernistas – Amigos e Contemporâneos de Amadeo de Souza-Cardoso” foi inaugurada em julho, inserida no MIMO Festival.